Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

terça-feira, 8 de julho de 2014

Causa e efeito

“A Lei de Causa e Efeito, que é Lei da Natureza, imprime os seus códigos em nome da Divina Justiça e a criatura sofre os efeitos da sua persistente rebeldia em não aceitar os convites superiores da ordem e do dever. Graças a essa Lei, cada qual faz de si o que lhe agrada, [...] para recolher a desditosa sementeira, ou coletar as flores e frutos de alegria. Dessa maneira, os distúrbios de toda procedência – sejam orgânicos, emocionais, mentais – e as ocorrências se apresentem como felicidade ou desdita, [...], famílias cruéis ou ditosas, afetividade compreendida ou rejeitada, infortúnios ou bênçãos, resultam das próprias realizações do Ser Eterno que se é, não havendo lugar para as fugas das nossas escolhas[...].”

– Triunfo Pessoal, Joanna de Ângelis, Introdução –

“Todas as nossas ações são submetidas às leis de Deus; não há nenhuma delas, por mais insignificante que nos pareçam, que não possa ser uma violação dessas leis. Se sofremos as conseqüências dessa violação, não nos devemos queixar senão de nós mesmos, que nos fazemos assim os artífices de nossa felicidade ou de nossa infelicidade futura.”
O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, – Livro Quarto, Capítulo II, item 964.