Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Inveja, mal de muitos

O poeta português Luiz Vaz de Camões já dizia que: “Onde há inveja não pode haver amizade”.

O estudo dessa semana refere-se ao ciúme e a inveja.
A inveja e o ciúme dois sentimentos que corroem a natureza humana.Esse sentimento daninho que causa tanto mal a todos nós.
No Livro dos Espíritos,Kardec pergunta aos
espíritos Superiores sobre essas paixões humanas Vejamos a resposta dos espíritos e as considerações de Kardec sobre o assunto.

933 Se muitas vezes o homem é o causador de seus sofrimentos materiais, também será dos morais?

– Mais ainda, porque os sofrimentos materiais são algumas vezes independentes da vontade; mas o orgulho ferido, a ambição frustrada, a ansiedade da avareza, a inveja, o ciúme, todas as paixões, enfim, são torturas da alma.

A inveja e o ciúme! Felizes aqueles que não conhecem esses dois vermes roedores! Com a inveja e o ciúme não há calma nem repouso possível para aquele que está atacado desses males: os objetos de sua cobiça, seu ódio, seu despeito se dirigem a ele como fantasmas que não lhes dão nenhuma trégua e o perseguem até durante o sono. O invejoso e o ciumento vivem num estado de febre contínua. Será essa uma situação desejável, e não compreendeis que com suas paixões o homem criou para si suplícios voluntários, e que a Terra torna-se para ele um verdadeiro inferno?"(Allan Kardec)
"A inveja/ciúme é um sentimento inferior que se instala em nós sob a forma de frustração, de tristeza, de mal estar, de constrangimento por nos vermos miniaturizados, inferiores a alguém. Sentimo-nos menores por não termos o que o outro possui, seja o que for. A criatura entra em desequilíbrio íntimo, oriundo deste sentimento paralisante das verdadeiras forças psíquicas. Não desfrutamos do mesmo padrão de vida, da mesma cultura, do mesmo perfil físico, da mesma situação social e espiritual do semelhante e isto nos incomoda.
 A inveja é um sentimento destruidor. A pessoa que o possuiu tanto faz mal a si mesma, quanto àquele que é a vítima da inveja, porque o invejoso sempre deseja destruir as pessoas ou coisas que despertam sua inveja."

    O invejoso está mais preocupado com a vida alheia do que com a sua. Ao invés de tentar progredir, em crescer tanto materialmente, quanto espiritualmente, ele prefere ficar sofrendo quando vê o sucesso dos outros.
Que procuremos descobrir  esses sentimentos  nocivos ,(não somente a inveja) que estão em nosso interior procurando substituí-los por bons fluidos para que possamos seguir o caminho de LUZ que CRISTO nos ensinou.

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/artigos-espiritas/inveja-mal-de-muitos/#ixzz3FT869vTW