Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

domingo, 27 de novembro de 2016

BASTA DE LAMENTAÇÕES, TENHA AMOR POR VOCÊ

http://espiritismo-piracicaba.blogspot.com.br/2012/09/basta-de-lamentacoes-tenha-amor-por-voce.html


Estimados amigos da doutrina espírita, companheiros de ideal, todos os dias vemos companheiros de jornada de vida, sejam eles amigos, ou parentes envolvidos em lamentações, em reclamações da vida, podemos entender que algumas situações saem do normal, saem até da nossa linha de suporte, porém o que isto vai nos agregar?

Como á ÁGUIA TEMOS QUE VIVER, LUTAR, SE RENOVAR, EVOLUIR, E NÃO SE LAMENTAR.

Posso falar isto aos senhores deste BLOG, porque eu fui vítima de "lamentações" e também trouxe para meu lado mesmo sendo médium, espíritos que se aproveitam desta falha psicológica que temos mediante grandes crises, ou como diz um querido amigo, mediante jornadas de "mares bravios".

Somente saberemos se somos um espírito digno de evolução, se suportamos, a dor, o sofrimento, a evolução, e lembro que as lamentações nos levam a caminhos mentais e espirituais muito perigosos.


Na obra Nas Fronteiras da Loucura, de Divaldo Franco, psicografia de Manoel Philomeno de Miranda, em suas páginas 279 e 280, lemos o seguinte sobre o tema:

A lamentação é portadora de miasmas que deprimem e intoxicam o paciente(espírito encarnado), mantendo-o em área de pessimismo.
Otimismo, alegria e esperança de dias melhores são também psicoterapias oportunas em qualquer problema e muito especialmente na faixa de comportamento mental. As religiões preconizam a confiança e a coragem, o perdão e a fé, a humildade e a paciência, logrando êxito com os seus fiéis. Sem dúvida essas técnicas de ação MORAL, ou virtudes, como se as queiram chamar, são excelentes processos de preservação do equilíbrio emocional.




Companheiras e companheiros, de vida, LAMENTAR, somente nos dará pertubações físicas, mentais e espirituais.
Desnecessário explicar aos leitores da nossas matérias, que o codificador desta doutrina, e outros companheiros, já deixaram claro, que o planeta terra, é infestado de espíritos, que nunca aceitaram a morte física.
São companheiros que ficaram presos a matéria, as lamentações de suas encarnações, aos vícios do sexo, da bebida, do erro, e que lutam para ficar no plano paralelo, como se ainda fossem vivos.
Hora, a partir disto podemos então crer, que se nossa faixa é de lamentação, é de choro, é de tristeza, é de lamurias, o que vamos atrair do nosso lado, bons espíritos?
Claro que não.
Estaremos trazendo estes companheiros, muitos que nada tem a ver com nossa jornada, e conosco, mas que vão encontrar nos muros de nossas lamentações, abrigo, para ficarem em nossa casa, ao nosso lado.
A consequência disto, é uma doença espiritual, muitas vezes que não tem nada a ver com Obsessor próprio, mas obsessores adquiridos, pelo simples fato, de estar á lamentar.
O que devemos fazer?
Simples, tenha sempre em sua casa, em sua pasta, em seu escritório, esta obra que ALLAN KARDEC, nos deixou, o EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO.
Quando sentir a tristeza, a revolta, a magoa, e começar a se sentir sozinho, abra em uma das abençoadas páginas que KARDEC nos deu junto com os espíritos.
Quero lembrar que o Evangelho Espírita, é o mesmo dos católicos, e protestantes, tirando algumas coisas que a doutrina não acredita porque não foi DEUS quem escreveu a Bíblia, e sim homens, que foram proclamados profetas, ou até o eram, e portanto não temos uma palavra oficial do criador, apenas de seus mensageiros.
E Mensageiros estão certos ou equivocados, logo, KARDEC, pegou os evangelhos, mais lógicos que se pode confiar no livro santo, e os comentou com os espíritos, e vos deu uma explicação inclusive sobre o que quis dizer Jesus, em algumas situações.
A leitura deste livro nos momentos de angústia, alivia, sugiro em sua casa, que escolha a revelia, uma página, certamente, verá seu mentor atuando.
Na página escolhida a revelia verá um assunto que está ligado a sua lamentação, a sua dor, e portanto irá se acalmar com as palavras dos imortais, e dos seguidores de Jesus.
Assim os espíritos perturbados que você tiver atraído para perto de você, ao ver você novamente equilibrado, e com proteção espiritual, naturalmente se afasta.
Melhorando seu estado físico e mental, e logo espiritual, basta ter fé e faze-lo com sua fé.


Vemos homens e mulheres se lamentando pelo final de relações, de casamentos, de situações, e levando a um processo auto obsessivo, depressivo, o primeiro passo após a leitura do Evangelho Segundo o Espiritismo, é se perdoar, e lembrar, de nada vai adiantar se lamentar, se tivesse feito, a situação que o evolve em qualquer temática, de outro jeito, talvez o problema fosse mais grave.
Ao invés de se lamentar agradeça a dor que sente, a situação seja ela de que tipo for, pois só assim seu espírito está evoluindo.

Um conselho espírita meu amigo, minha amiga, pare com as lamentações, e o motivo claro do porque devem ouvir este meu convite, está na questão 255 da maior obra espírita de todos os tempos, O LIVRO DOS ESPÍRITOS.
Allan Kardec, o magnifico codificador, ali pergunta aos imortais: " Quando um espírito diz que sofre, de que natureza é seu sofrimento? "
E os imortais respondem objetivamente ao professor: " Angústias morais, que o torturam mais dolorosamente que os sofrimentos físicos "

Portanto, é fácil entender, que tanto na vida encarnada, como quando retornamos ao plano espiritual, seja de que forma for, e quando for, as lamentações, nos levarão a dores, dores da alma, que ficaram gravadas no perispírito de cada um, e isto nos trará angústias morais, algumas que vivemos aqui mesmo na Terra, e outros que nos perseguirão para a vida após a vida.
Precisamos desta bagagem do mal? 

Esta gravura acima mostra bem uma pessoa se "lamentando", em choro, em reclamações, por ter perdido a pessoa B, a situação X, não importa, ao se lamentar, ao se DEPRIMIR, ao levar sua mente a um vendaval de torturas, eis o tipo de companheiros desorientados que podem ficar perto, é isto que você quer para sua vida ?

Seja qual for seu "Mar Bravio" tenha fé, eis a melhor figura para ti, se imagine perdido no mar das dores da vida, e Jesus vindo te socorrer, ele virá sempre que você de posse da sua maior ferramenta ou seja, a fé, o chamar, e não só ele, virão com eles Espíritos do bem, que fazem parte de um sistema ao qual você merece estar, pois lembre Jesus disse, "vós sois Deuses", podem fazer o que faço ou até mesmo mais.
Onde está a diferença? Jesus tinha fé em Deus, Jesus nunca se lamentou, nunca deixou nada escrito, e nem mandou ninguém escrever por ele, ele fez o que tinha que ser feito, e sofreu pela escolha que tomou, poderia ter se dado um final na terra melhor, preferiu deixar a imagem da dor.
Porque?
Para que você acordasse, e visse que sua dor, por pior que seja, não é igual ao que ele te que se humilhar e passar quando não precisava, para lhe dar uma verdadeira lição de amor.

Hora minha amiga, meu amigo, de se levantarem do chão das lamentações, ergam vossas cabeças, o que passou passou, não voltará, nem o pior, nem o melhor.
Estamos aqui para viver a maior experiência de todos os tempos, a evolução de nosso espírito, por favor sem lamentações.

Noutra linda obra deste fantástico Divaldo Pereira Franco, também psicografia do espírito de Manoel Philomeno de Miranda, encontramos na página 67, este texto do espírito, assim descrito pelo médium:

"No Capítulo das auto obsessões aparece uma vasta gama de alienados, egoístas, narcisistas, hipocondríacos, exibicionistas etc, em cuja gênese da enfermidade se ficam complexas matrizes para a fascinação e subjugação que procedem dos espíritos infelizes que são afins ou vinculam-se por processos cármicos redentores."



Posso garantir á todos os meus leitores que pelo estudo que faço do LIVRO DOS ESPÍRITOS, e de tantas outras obras, todos os processos que passamos de depressão, de síndromes do pânico, de ódio, de revolta, começam pelas lamentações, como diria Chico Xavier, pela síndrome do "coitadinho ", portanto amados irmãos, irmãs, parem de se lamentar, e olhem para o lindo dia de hoje, agradeçam ao sol, a vida, a sua dor, a oportunidade de ainda estar aqui no planeta terra, depurando vossos erros do passado, e lembrem antes de se lamentar de ANDRÉ LUIZ, aqui neste mundo NÃO EXISTEM VÍTIMAS.

Luz e paz.


David Guilherme, 54, é espírita,
médium, pesquisador e divulgador
da doutrina espírita nos preceitos de
ALLAN KARDEC, e colabora com o
BLOG.
davidchinaglia@gmail.com
@David Chinaglia
@ Espiritismo Pira (Twitter)
Espiritismo Piracicaba (Facebook)
David Chinaglia (Facebook)