Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

domingo, 2 de outubro de 2016

A Parábola do Bom Samaritano e o Planeta de Regeneração

A Parábola do Bom Samaritano e o Planeta de Regeneração

Escrito por Alan Diniz Souza

A Parábola Do Bom Samaritano E O Planeta De RegeneraçãoNa Parábola do Bom Samaritano encontramos exemplos fantásticos a nos inspirar em nossa ascensão a Deus.

Necessário se faz lembrar que em todas as parábolas constantes nos Evangelhos encontramos os mais belos exemplos para praticarmos o amor. Seus textos, são compostos de mais de 50% de parábolas, que são histórias criadas por Jesus para ilustrar ensinamentos que sempre nos colocam no caminho do amor, roteiro essencial de nossa vida.

“As parábolas do Evangelho são como as sementes divinas que desabrochariam, mais tarde, em árvores de misericórdia e de sabedoria para a Humanidade”, nos falou Emmanuel na questão 290 do Livro “O Consolador”.

Na época de Jesus se perguntava entre os judeus quem iria herdar a vida eterna? Eles acreditavam que o messias viria e iria instalar o novo mundo (regeneração), onde os justos herdariam o mundo novo e os injustos arderiam no “geol”. Quem então seriam os herdeiros? Como selecionar justos e injustos?

Um Dr. da Lei então lhe pergunta: - O que devo fazer para herdar a terra? Jesus lhe responde: - O que está escrito? - Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Jesus: - Respondeste corretamente, faze isso e viverás.

Neste momento o Dr. da Lei faz a pergunta chave da nossa parábola: - Quem é meu próximo? Jesus então conta com a Parábola do Bom Samaritano...

Quem é meu próximo? Quantas vezes nos perguntamos?

Vivemos num planeta de Provas e Expiações, naturalmente não estamos por aqui de férias ou lazer! Muitas vezes nos achamos mais importantes, demonstrando todo nosso orgulho ou egoísmo, desprezando as pessoas, achando que o mundo esta aí para nos servir. Onde queremos chegar? Quando vamos parar a roda das reencarnações? Sempre voltando ao plano espiritual carregados de situações e dívidas a resolver?

Allan Kardec no Evangelho Segundo o Espíritismo nos afirma: “Os planetas progridem nos seus aspectos materiais e morais. Materialmente, pela transformação dos elementos que os compõem. Moralmente, pela depuração dos Espíritos encarnados e desencarnados que os povoam. Esses progressos se realizam paralelamente, pois, o melhoramento da habitação acompanha, de certo modo, o aprimoramento de seus habitantes.”

“A Terra deixará, um dia, o estágio de expiação e provas e passará para a condição de mundo de regeneração, pois, este globo, como tudo na Natureza, está submetido à lei do progresso. Materialmente, a Terra tem experimentado transformações que vêm tornando-a sucessivamente habitável por seres cada vez mais aperfeiçoados, mas, para que a felicidade impere na Terra, torna-se preciso que somente a povoem Espíritos bons, que unicamente se dediquem ao bem.”

“A Terra não terá de transformar-se por meio de cataclismo que aniquile de súbito uma geração. A atual desaparecerá gradualmente e a nova lhe sucederá do mesmo modo, sem que haja mudança alguma na ordem natural das coisas. Em cada criança que nascer em vez de um Espírito atrasado e inclinado ao mal, que antes nela encarnaria, virá um Espírito mais adiantado e propenso ao bem.”

“A ascensão da Terra na hierarquia dos mundos depende essencialmente da elevação moral de seus habitantes. Portanto, é grande nossa responsabilidade nesse processo de transformação do planeta para um mundo de regeneração, onde a prevalência do bem sobre o mal atrairá para a Terra os bons Espíritos, afastando dela os maus.”

Portanto, o que estamos esperando para ser o próximo de alguém?