Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

sábado, 16 de julho de 2016

FAÇAMOS AOS OUTROS O QUE QUEREMOS QUE OS OUTROS NOS FAÇAM

http://escolinhaespirita.blogspot.com.br/2011/07/facamos-aos-outros-o-que-queremos-que_30.html

FAÇAMOS AOS OUTROS O QUE QUEREMOS QUE OS OUTROS NOS FAÇAM


O mandamento: - FAÇAMOS AOS OUTROS O QUE QUEREMOS QUE OS OUTROS NOS FAÇAM – resume todos os nossos deveres para com nosso próximo e baseia-se na mais rigorosa justiça.

Nós queremos que os outros nos façam o bem; por isso é nossa obrigação fazer-lhes o bem.

Gostamos de ser ajudados; sejamos os primeiros a ajudar.

Quando nós erramos procuramos ser desculpados de nosso erro; do mesmo modo que precisamos desculpar os erros que os outros cometem.

Queremos ser tratados com delicadeza; tratemos também os outros com delicadeza.

Não queremos que os outros nos ofendam; por isso não devemos ofender os outros.

Na escola estimemos os nossos colegas e façamos por eles tudo o que desejaríamos que eles nos fizessem.

Quando tivermos que trabalhar nas fábricas ou nas oficinas; nas lojas ou nos escritórios; nos campos ou nas cidades, nunca recusemos um auxílio, um favor, uma ajuda a nossos companheiros de trabalho; porque muitas vezes precisaremos deles.

Não desejemos para os outros o que não queremos para nós.

Antes de praticarmos alguma ação contra alguém, façamos a nós mesmos a seguinte pergunta: - GOSTARIA EU QUE ALGUÉM ME FIZESSE O QUE VOU FAZER A ESTE MEU PRÓXIMO?

Então nossa consciência nos responderá se estamos agindo bem ou se estamos agindo mal.
Fonte 52 lições do catecismo Espírita - Eliseu Rigonatti
ATIVIDADE (clique)


Nosso professor de bondade Jesus Cristo, nos ensinou que Deus criou o Céu e a Terra e que toda a natureza criada por Deus está sendo regida através de  leis.
Como nós já sabemos, leis são regras, (aquilo que deve ser seguido rigorosamente).
A primeira lei criada foi amor à Deus e a segunda lei criada foi a que DEVEMOS FAZER AO PRÓXIMO AQUILO QUE GOSTARÍAMOS QUE NOS FIZESSE.
Agora pare e pense nisso! Você imagina como seria o mundo se todos respeitassem essa lei?
..................!.......?........!.....?........!............?..........!...........
A começar dentro da nossa casa, sempre haveria paz e alegria. O irmão não brigaria com o outro irmão, pois dividiram tudo, sem ciumes, os pais não discutiriam mais, pois se aceitariam e se respeitariam.
Que maravilha! Não haveriam gritos... Bate-Portas... Palavrões... Todos se ajudariam e todos usariam normalmente as palavrinhas mágicas : Por favor. Desculpe. Com licença...
Seria muito bom não é mesmo?
Vejam só como Deus é sábio! Ele pensou em tudo isso quando criou essa lei, pois "Pai é Pai" e sempre quer o melhor para cada filho.
Mas nosso mundo ainda não pratica essa lei, por isso há tanta desordem... tanta violência... tanta pobreza.
Se essa lei fosse praticada direitinho, não haveria mais miséria e nem fome, todos dividiram tudo, então todos teriam igual, haveria igualdade.  Todos com casa... Comida... Roupas... Estudo... Trabalho... Telefone... Carro... Férias.
Agora...
Você sabia que existem Mundos onde essa lei é seguida naturalmente?
Como você imagina esse mundo?
Um mundo feliz?  Sem dúvidas! Um mundo livre de tristezas e doenças, pois os cientistas até já comprovaram que as doenças são causadas por maus pensamento e tristezas acumuladas no coração.
Que tal fazer-mos algo para mudar tudo isso? Será que  é possível? Como podemos fazer?
Andei pensando... e cheguei a uma conclusão!

Não podemos esperar com os braços cruzados por dias melhores, onde as pessoas decidam praticar essa lei, devemos começar  agora neste instante, conosco mesmo começando pela forma de pensar, pensando coisas boas, sem julgamentos e sem reclamações, e depois sim vamos nos esforçar para praticá-la com as outras pessoas a começar dentro de nossa casa. Não importa que ninguém de casa não esteja praticando, vamos dar o exemplo, assim nossos familiares verão que estamos mais calmos, mais educados, mais atenciosos e ficarão curiosos e quando perguntarem o que está acontecendo conosco, pois estamos diferente, perguntaremos assim:
- Estou melhor ou pior?
Irão responder - Muito Melhor!
Aí é nossa vez de dizer: - Estou me esforçando para pratica a lei de Deus, Faça ao outro o que gostaria para sí!
E mais uma coisinha, não devemos esquecer de pedir em nossas orações ajuda aos amigos espirituais, para plantar essa sementinha do amor ao próximo nos corações de nossos familiares. Com certeza amigos de boa vontade do plano espiritual, irão nos ajudar. Eles praticam as leis de Deus.

Jesus praticava essa lei com muita facilidade porque ele não tinha orgulho, não ficava se sentindo nervoso porque alguém lhe ofendeu.
Não se sentia menos do que ninguém porque morava numa casa pobre e se vestia com roupas simples.
O orgulho é que impede as pessoas de praticarem essa lei.
Verdade!

Veja só! acompanhe meu raciocínio - Quando alguém nos critica, falando sobre algo que fizemos de errado, não gostamos! e logo  queremos nos justificar, pois aceitar que fizemos algo de errado e pedir desculpas, nos transforma em alguém inferior (isso dentro de nossa cabeça) o bom é quem faz tudo certo e nosso orgulho quer que sejamos "o bom"
Quando alguém nos xinga ou grita conosco, logo ficamos de cara feia e não queremos conversar mais e nem olhar para a cara da pessoa, porque desculpar a pessoa que está errada pode demonstrar que estamos errados e a pessoa certa.

Essa lei é tão simples mas é difícil de praticá-la por causa do orgulho. Mas devemos sempre pensar assim : "Tenho que fazer o certo independente da minha vontade"
Alguém me ofendeu quero responder, mas... qual é o certo? não responder e desculpar, então assim farei.
Praticando isso estaremos evoluindo e quando desencarnarmos e depois quando chegar a hora de nova encarnação iremos nascer em  um mundo onde reina a felicidade. "toda ação sofre uma reação" é da lei.
Vamos treinando em todos os instante da vida e seremos felizes.
autora Elaine Saes