Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

terça-feira, 14 de junho de 2016

VERDADEIRA PUREZA. MÃOS NÃO LAVADAS

VERDADEIRA PUREZA. MÃOS NÃO LAVADAS


“Depois, tendo chamado o povo, Ele lhe disse: Escutai e compreendei bem isto: Não é o que entra na boca que enlameia o homem, mas o que sai da boca do homem. O que sai da boca parte do coração, e é o que torna o homem impuro; porque é do coração que partem os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as fornicações, os furtos, os falsos testemunhos, as blasfêmias e as maledicências; estão aí as coisas que tornam o homem impuro; mas comer sem ter lavado as mãos não é o que torna um homem impuro.”


·       Os judeus negligenciaram os verdadeiros mandamentos de Deus, para se apegarem a prática dos regulamentos estabelecidos pelos homens.


·       Como era mais fácil, observar os atos exteriores do que se reformar moralmente, lavar as mãos que limpar seu coração, os homens se iludiram e se acreditaram quites para com Deus.... É por isso que o profeta disse: é em vão que este povo me honra com os lábios, ensinando máximas e ordenações humanas.

 “Hipócritas, Isaías bem profetizou de vós quando disse: Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim; e é em vão que me honram ensinando máximas e ordenações humanas.”

·       É a essas adições feitas pelos homens às Leis de Deus, que Jesus fez alusão, quando disse: “Toda planta que meu Pai Celestial não plantou, será arrancada.”

“O Objetivo da Religião é conduzir o homem a Deus; o homem não chega a Deus senão quando está perfeito; portanto, toda religião que não torna o homem melhor, não atinge seu objetivo.”

“Não basta, pois, ter as aparências da pureza, é preciso antes de tudo ter a pureza do coração.”