Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

terça-feira, 14 de junho de 2016

DEIXAI VIR A MIM AS CRIANCINHAS INSTRUÇÕES DOS ESPIRITOS

 Dentro deste tema, o Bom Espírito chamado de João Evangelista em Paris no ano de 1.863, vem a esclarecer o que Jesus queria dizer com estas palavras: “Deixai vir a mim as criancinhas”. Jesus não queria simplesmente dizer que tinha a sua admiração somente pelas criancinhas, e que elas viriam a conquistar os Reinos dos Céus. Ele quis sim chamar a atenção daqueles Espíritos desgarrados que eram fracos, os viciosos, os escravos, para que eles tivessem o Espírito ou a postura daquelas crianças, meigas e inocentes. Jesus chamava a atenção da criatura que era adulta, para a atitude de uma criança pela sua inocência, pois que Ele não podia ensinar a infância física que esta sujeita à matéria. O que Jesus queria realmente dizer com isto tudo, é que queria que as pessoas viessem a Ele, com a mesma confiança que as crianças depositavam a Ele, onde se tornou num facho de luz que iluminou as trevas, pois foi o iniciador do Espiritismo, onde Ele chama para si não somente as crianças e sim ao ser de boa vontade. Este bom Espírito diz, que esta chegando o tempo em que os erros virão a tona, aonde os Espíritos Bons virão a ensinar o verdadeiro sentido das parábolas que Jesus quis dizer. Ele no afirma que a verdade Espírita esta alargada nos horizontes, onde este enviado vai resplandecer o sol sobre o cume das montanhas. Já o Espírito Protetor em Bordéus no ano de 1.861, também chama atenção para estas palavras e nos orienta: “Deixai vir a mim as criancinhas que eu tenho o leite que fortifica os fracos. Deixai vir a mim aqueles tímidos e débeis, que tem a necessidade de apoio e de consolação. Deixai vir a mim os ignorantes para que eu os esclareça. Deixai vir a mim os que sofrem a multidão dos aflitos e dos infelizes, lhes ensinarei o grande remédio para abrandar os males da vida, lhes darei o segredo da cura das feridas”! Daí surge uma pergunta: Qual será este balsamo soberano meus irmãos, que se aplica sobre todas as chagas do coração e as cicatriza? A resposta só pode ser: É o amor, a caridade! Se tendes este fogo Divino, que é o que podereis temer? Direis a todo instante de sua vida: Meu Pai que a Vossa vontade seja feita e não a minha; se Vos apraz me experimentar pela dor e pelas tribulações, Sede Bendito, porque é para meu bem, e eu sei que a Vossa mão pesa sobre mim. Se Vos convém Senhor ter piedade de Vossa criatura fraca, daí ao coração dela as alegrias sãs. Mais fazei que o Amor Divino não dormite em sua alma, e que incessantemente faça subir aos teus pés a voz do reconhecimento! Este irmão ainda diz: Se tendes amor, possuis tudo o que se pode desejar aqui na Terra, pois possuis a pérola por excelência, que nenhum mal que o perseguem poderão vos arrebatar. Se tendes o amor, tereis colocado o teu tesouro lá onde os vermes e a ferrugem não podem atingi-lo, e vereis se apagar insensivelmente de vossa alma tudo o que pode manchar-lhe a pureza. Sentireis a peso da matéria diminuir dia a dia e, semelhante ao pássaro que plaina nos ares, e não se lembra mais da terra, subireis sem cessar, subireis sempre, até que a vossa alma embriagada possa saciar de seu elemento de vida no seio do Senhor. Bibliografia: O Evangelho Segundo o Espiritismo. Mensagem escrita e interpretada pelo Médium Getulio Pacheco Quadrado. Meu blogger: getuliomomentoespirita.blogspot.com