Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

AQUELE QUE SE ELEVA, SERÁ REBAIXADO

AQUELE QUE SE ELEVA, SERÁ REBAIXADO


Por Linda Miranda

De conformidade com a questão 132 de O Livro dos Espíritos, o objetivo da encarnação dos espíritos, “imposta por Deus, é de fazê-los chegar à perfeição”, ou seja, tem como fim o desenvolvimento das suas capacidades morais e intelectuais, por meio do convívio com o próximo nas diferentes situações sociais. Situações estas, vividas nos grupos familiares ou profissionais, que podem mobilizar de cada um de nós, o exercício do perdão, da paciência, da humildade, do desapego, da simplicidade, etc.

Nascemos num grupo familiar para desenvolver nossas virtudes em detrimento das imperfeições que ainda existem em nós. Dentre as imperfeições, carregamos a tríade: vaidade, orgulho e egoísmo, difíceis de serem erradicadas do nosso espírito, pois estão relacionadas com o nosso EU mais instintivo, com efeitos na ideia e atitudes de posse, do MEU, reforçados pelo egoísmo.

No cotidiano, uma postura egoísta, orgulhosa ou vaidosa em relação ao outro, reflete a nossa condição evolutiva, além da necessidade URGENTE de nos renovarmos, de realizarmos a nossa reforma íntima, mudando o foco do EU para o OUTRO e para o NOSSO. Na medida em que desenvolvemos esta consciência, vamos nos educando, pois a educação é somatório de valores morais e intelectuais conquistados através do tempo, nos embates da vida.

O nosso principal EMBATE nesta caminhada evolutiva é a nossa mudança no SENTIR, PENSAR, AGIR, ou seja, em relação aos sentimentos, ideias, valores e comportamentos. E como irmãos que somos, convivendo em diferentes ambientes sociais, precisamos desenvolver comportamentos baseados em atitudes de mais SIMPLICIDADE do que VAIDADE, de mais HUMILDADE do que ORGULHO, possibilitando em nós o surgimento de um SER RENOVADO, com novos valores morais, ideias e sentimentos, pois todos nós somos iguais perante o Pai Criador, embora, em estágios evolutivos diferentes.

O Mestre Jesus, há mais de dois mil anos, nos ensinou a olhar para o OUTRO como nosso irmão, pois fazemos parte da grande família universal. E assim procedendo, estaremos seguindo os seus ensinamentos, quando pronunciou as palavras: "Quem se elevar será rebaixado e quem se humilhar será exaltado". É evidente que o objetivo do Mestre era combater o orgulho e as vaidades terrenas, defeitos terríveis que são fatores de queda de Espíritos invigilantes, que, por isso, chegam a malbaratar uma existência inteira.

Em O Evangelho Segundo o Espiritismo (cap. Il, item 8), de Allan Kardec, há uma comunicação do Espírito de uma antiga rainha de França, que ao adentrar o mundo dos Espíritos, após uma vida de fausto e de orgulho, viu, com imensa surpresa que os Espíritos de muitas pessoas, que a ela haviam sido subordinadas na Terra e desempenhavam posições subalternas, obscuras, eram muito superiores a ela e desfrutavam, no mundo dos Espíritos, de uma situação superior. Em certo trecho da sua comunicação, ela diz, textualmente: "Que humilhação, quando, em vez de ser ali recebida como soberana, vi, acima de mim, porém, muito acima, homens que eu julgava tão pequenos e os desprezava, por não serem nobres de sangue! Oh! Só, então, compreendi a esterilidade das honras e das grandezas que, com tanta avidez, se buscam na Terra!"

Cita Mateus (cap. XX: 20 a 28), que o Mestre dirigindo-se aos apóstolos disse: "Aquele que quiser tornar-se o maior, seja o que vos sirva; e que o que quiser ser o primeiro dentre vós; seja vosso servo, assim como o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar sua vida pela redenção de muitos".

finalizamos, convidando nossos irmãos leitores a refletir e a vivenciar a grande lição de jesus sobre a humildade e simplicidade, sendo mais humildes e fraternos nos sentimentos e atitudes, pois a humildade é a condição essencial da felicidade prometida aos eleitos do senhor, contida também nesta máxima “Quem se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado.”.

Fonte de Pesquisa: 1- ESE – Cap. VII. Itens 3 a 6- Evangelhos de Mateus e Lucas; 2- LE questão 132; 3-Curso Educação Mediúnica 2º ano FEESP – III; 4-ESE, cap. VII