Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

domingo, 26 de junho de 2016

A realeza de Jesus


A realeza de Jesus

“Qual é, meus amigos, esse bálsamo poderoso, que possui tanta virtude, esse bálsamo que se aplica sobre todas as chagas do coração e consegue curá-las? É o amor, é a caridade! Se tiverdes esse fogo divino, o que podereis temer?” (O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. VIII, item 19.)


No âmbito do estudo de hoje, como se falou acerca da realeza de Jesus, lembramo-nos de que esta realeza trouxe para nós uma responsabilidade que não deve ser esquecida por ninguém, sob pena de não haver um perfeito entendimento da sua doutrina.

Foi-nos lembrado que há uma realeza moral; foi também recordado que o homem precisa conduzir seus pensamentos de acordo com essa realeza. Se, entretanto, em nós intimamente não houver um sentimento de respeito àquele que nos fala, àquele que nos ensina, o sentido dado à realeza moral se perderá. É preciso que aprendamos, intimamente, a respeitar valores, a compreender que há criaturas que possuem um certo conhecimento acima do nosso e que, por isso mesmo, devemos ouvi-las com respeito, atenção, compreensão e valorização de tudo aquilo que essas pessoas têm para nos dizer.


Se não houver da parte do homem a compreensão de que Jesus é realmente o condutor de nossas vidas; se não houver a noção de que Jesus realmente conduz a Humanidade inteira; se não houver da nossa parte a noção de que Jesus é o Mestre Condutor da Terra, falaremos, falaremos, falaremos e nada terá efeito em nós ou por parte de nós.

Valorizar uma doutrina é valorizar também seus criadores e seguidores. A moral de tais seres deve servir de baliza para o homem que está caminhando na retaguarda. Se não houver este sentimento em nós, com certeza estaremos apenas repetindo palavras, sem ter noção de valores.

Que aprendamos isso! Que vejamos em Jesus o grande Condutor das nossas almas, mas que sintamos nele, principalmente, o ser que realmente sabe o que está fazendo. A realeza de Jesus deve ser entendida desse modo também.


Autor: Balthazar
Do Livro: Pela Graça Infinita de Deus – vol. 1.