Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Justiça e Direitos Naturais

Justiça e Direitos Naturais (Estudo 151 de 193)
 |«     «     »     »|

a) O sentimento de justiça foi posto no coração do homem por Deus; o progresso moral o desenvolve mas não o dá.

b) No homem, o sentimento de justiça está misturado com paixões que o alteram. Por isso, mesmo sendo a justiça uma lei da Natureza, os homens a entendem de formas diversas.

c) "A justiça consiste em cada um respeitar os direitos dos demais."

d) Os direitos são determinados por duas coisas: a lei humana e a lei natural. Os direitos determinados pela lei humana, regula apenas algumas relações sociais; pois há muitos atos só podem ser regulados pela própria consciência.

e) "Disse o Cristo: Queira cada um para os outros o que quereria para si mesmo." Essa é a base da justiça segundo a lei natural, não há guia mais seguro do que a própria consciência.
"A sublimidade da religião cristã está em que ela tomou o dirito pessoal por base do direito do próximo."

f) O homem necessita viver em sociedade e para isso precisa respeitar os direitos de seus semelhantes. Como muitos homens não praticam a lei de justiça, isso causa as pertubações e confusões em que vivem as sociedades humenas.

g) Reconhecer o semelhante, como igual em direitos e deveres, é o limite do direito da lei de justiça. A superioridade só existe em relação a sabedoria e virtudes.

h) O homem que praticar a lei da justiça em toda a sua pureza, estará a exemplo de Jesus praticando o amor ao próximo e a caridade; terá o caráter do verdadeiro justo.




QUESTÕES PARA ESTUDO E PARTICIPAÇÃO:

1 - O progresso intelecutal está ligado ao sentimento de jsutiça?

2 - Por que o sentimento de justiça é tão diferente de um homem para outro?

3 - As leis humanas mudaram com o tempo, entretanto existem leis que são imutáveis e elas regem uma grande parcela das relações sociais. Aonde se encontram "definidas" essas leis?

4 - Por que a consciência é o guia mais seguro que Deus nos deu para o respeito a justiça?

5 - Viver em sociedade exige obrigações especiais. O homem sabe viver em sociedade? Como vivem as sociedades humanas? Por que?

6 - Os direitos são iguais para todos. Os limites dessa regra são respeitados nas sociedades? Essa regra determina a anarquia dos poderes?

7 - O que representa um "verdadeiro justo"?


Justiça e Direitos Naturais - Conclusão Voltar ao estudo


1 - O progresso intelecutal está ligado ao sentimento de justiça?
O progresso intelectual traz inteligência e não moralidade. Existem homens que conhecem as grandes verdades do mundo material e nada sabem sobre as leis morais. É claro que onde houver progresso intelectual, um dia haverá progresso moral; mas quem está intimamente ligado ao sentimento de justiça é o progresso moral que desenvolve esse sentimento. Entretanto, somente Deus é capaz de colocar no coração do homem o sentimento de justiça.

2 - Por que o sentimento de justiça é tão diferente de um homem para outro?
Porque a esse sentimento se misturam nossos vícios e paixões, que diferem de homem para homem, assim nosso sentimento de justiça fica "embaçado" por nossas paixões.

3 - As leis humanas mudaram com o tempo, entretanto existem leis que são imutáveis e elas regem uma grande parcela das relações sociais. Aonde se encontram "definidas" essas leis?
Imutável é a Lei Natural, ela é colocada por Deus na nossa consiência.

4 - Por que a consciência é o guia mais seguro que Deus nos deu para o respeito a justiça?
Porque através dela, o homem pode refletir e agir como Jesus nos ensinou "Queira cada um para os outros o que quereria para si mesmo". Usando a consiência, esse guia seguro, o homem pode decidir o que realmente quer pra si e agir assim para com seus semelhantes.

5 - Viver em sociedade exige obrigações especiais. O homem sabe viver em sociedade? Como vivem as sociedades humanas? Por que?
Infelizmente o homem não sabe viver em sociedade. As sociedades atuais vivem "afundadas" na pertubação e no desrespeito aos direitos e deveres dos homens, em especial os mais pobres. Tudo isso, porqueos homens não usam a Lei da Justiça para conviverem com seus semelhantes.

6 - Os direitos são iguais para todos. Os limites dessa regra são respeitados nas sociedades? Essa regra determina a anarquia dos poderes?
Nas sociedades humanas os limites não são respeitados. De acordo com a Lei da Justiça, a única hieraquia que deve existir é a superioridade de sabedoria, virtude e moralidade. Nada disso tem haver com a anarquia dos poderes.

7 - O que representa um "verdadeiro justo"?
Tem como exemplo Jesus, partica o amor ao próximo e a caridade, sem eles não há verdadeira justiça.