Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O SUPÉRFLUO E O NECESSÁRIO

O SUPÉRFLUO E O NECESSÁRIO

        Deus nos concede a bênção da reencarnação temporária, acrescida do livre-arbítrio. A escolha do caminho e a responsabilidade por tudo que fizermos é toda nossa.  Nosso Pai dá o necessário para a nossa sobrevivência aqui na Terra. Entretanto, o ser humano deixa-se influenciar pelas propagandas e acaba adquirindo coisas supérfluas, que ficam amontoadas em casa, sem nenhuma utilidade. Isso tudo é fruto da vaidade e do egoísimo. Fariam maior proveito, se dedicassem parte dos seus gastos em favor da caridade e do amor fraternal, haja vista que nada levamos deste mundo material.   Os Espíritos Superiores nos orientam sobre a importância de fugirmos da tentação de adquir coisas supérfluas:
       "Vemos todos os dias, pessoas gastarem o que não tem, comprando coisas desnecessárias. Por que? A propaganda e a publicidade induzem os incautos que, para serem felizes,  precisam disso ou daquilo. O certo é viver com simplicidade. Simplicidade não quer dizer viver sem nada. Simplicidade é viver de acordo com as suas posses, de e sua condição financeira, porém, adquirindo o necessário e evitando o supérfluo. Usar e não abusar. Tanto na pobreza, quanto na riqueza, todos, sem exceção, prestarão contas de tudo que tem e detém. Voltemos nossa atenção para o Livro "Céu e o Inferno", ou Justiça Divina, codificada por Allan kardec. Devemos ler, estudar e praticar o  Código Penal da Vida Futura, todos os dias. Ao fazermos isso, veremos que nossa vida vai mudar. Quantos erros praticamos em nosso dia-a-dia? E depois do erro, vem o sofrimento e as lágrimas. Não sigamos o Mundo, sigamos aos ensinamentos crísticos. Sigamos os ensinamentos dos Espíritos Superiores descritos nas Obras Básicas codificadas na Doutrina Espírita. E estaremos em boa companhia. Lembremos sempre, quando chegastes ao mundo, viestes nu e foi preciso receber até roupa. É certo que ao desencarnar, o corpo material estará vestido e voltará para a terra. Porém, o Espírito, desligado da matéria, levará consigo todos os erros e acertos, conforme descrito no Código Penal da Vida Futura. Débitos e créditos, luzes e trevas. Todos nós escrevemos tudo que fazemos, em nossa escritura individual, o perispírito, durante nossa vida terrestre, levando para o Mundo Espiritual, onde prestaremos contas ao Pai.  Muita Luz e Paz". (www.mensagemespirita.blogspot.com e Romeu Wagner, Belém, Pará).