Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Vida em Familia e laços de parentesco

Vida em Familia e laços de parentesco


"Os laços sociais são necessários ao progresso e os de família mais apertados tornam os primeiros.. Eis porque os segundos constituem uma lei da natureza. Quis Deus que, por essa forma, os homens aprendessem a amar-se como irmãos.".
Allan Kardec: O Livro dos Espíritos, questão 774.

"Há, pois, duas espécies de famílias: as famílias pelos laços espirituais e as famílias pelos laços corporais. Duráveis, as primeiras fortalecem-se pela purificação e se perpetuam no mundo dos Espíritos  através das várias migrações da alma; as segundas, frágeis como a matéria, se extinguem com o tempo e muitas vezes se dissolvem moralmente, já na existência actual."
Allan Kardec: O Evangelho segundo o Espiritismo. Cap 14, item 8.

"Na (...) esfero do grupo consanguíneo o Espirito reencarnado segue ao encontro dos laços que estreteceu para si próprio, na linha mental em que se lhe caracterizam as tendências. A chamada hereditariedade psicológica é, por isso, de algum modo, a natural aglutinação dos Espíritos que se afinam nas mesmas actividades e inclinações."
Francisco Cândido Xavier. Pensamento e Vida. Pelo Espírito Emmanuel. Cap 12. p.60


Actualmente, com os conceitos que generalizam a humanidade, no que toca à vulgaridade dos valores éticos, existe uma ameaça sobre a estabilidade da "família". É comum ouvir-se a voz da imaturidade e do pessimismo anunciando a extinção da família. Claro que na realidade não é um processo de extinção mas sim de transformação.
A fragilidade de uma criança e a sua dependência dos cuidados dos adultos, são os claros indícios que uma família é uma necessidade psicofísica do homem, logo portanto, não será fácil imaginar-se um sistema social sem a instituição básica, que é a família.
Mas conforme realçado nos trechos anteriores, sendo a família uma necessidade do homem, não quer dizer que ela seja duradoira e inalterável.
Logo qualquer individuo que  consiga ver o panorama de um ponto mais elevado, que já desenvolveu a sua capacidade de pensar criticamente, por ter um discernimento acerca dos valores a serem preservados, logo separando-os daqueles que devem ser separados para a consolidação do seu progresso.