Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

O PÃO DA VIDA


O PÃO DA VIDA (Jo 6:22-40 e Jo 6:41-71)
( curso Aprendizes do Evangelho – FESP)

João Evangelista, no cap. 6, verso 22 a 40, narra que no dia seguinte à multiplicação dos pães, a multidão procurou Jesus novamente, pedindo-lhe um milagre, para que cressem em Jesus, o que não deixa de ser estranho: pois no dia anterior não presenciaram um milagre espetacular?! Jesus usa com eles energia e amor: - "Trabalhai, não pela comida que perece, mas para a vida eterna".

Conhecedor profundo das almas, Jesus sabia que o sinal prodigioso da multiplicação dos pães passara em vão e apenas a fome saciada lhes comovera as entranhas. Trabalhar pelo pão de cada dia é necessário à sobrevivência física com dignidade; trabalhar pelo alimento espiritual é elaborar a imortalidade.

Este valor intrínseco da nutrição espiritual, Jesus colocou na oração matinal: "O pão nosso de cada dia dai-nos hoje", não o pão para o qual trabalhamos fisicamente, mas o Pão de Deus, o que dá vida ao mundo.

Ele complementa: "Eu sou o Pão da Vida, quem vem a mim não terá fome".

Sendo nós seus discípulos, seguindo suas orientações morais e espirituais, ESTAREMOS SACIADOS E NÃO TEREMOS ANGúsTIAs E NECESSIDADES.

Obs.: Ler GE, cap. XV, itens 50 e 51.

BIBLIOGRAFIA

LM, 2.a Parte, - cap. VII e VIII